Logo Arado Literário Logo Arado Literário

Voo cego. Ler e escrever no Escuro. O livro negro das Cores.

Um acidente aéreo inacreditável que cegou a vida de passageiros por um conjunto de fatores evitáveis, para entender toda trajetória o livro Voo Cego retrata em detalhes, num texto esclarecedor, sobre a queda do voo 52 da Avianca em janeiro de 1990. Escrito por Ivan Sant’Anna e Luciano Mangoni é um livro que prende desde a primeira página, é da editora Objetiva. O que os olhos não veem o coração, sente. Uma prova são os livros Ler e Escrever no Escuro – A literatura através da cegueira, escrito por Denise Schittine, uma doutora em comunicação que se debruçou sobre um tema e fez um mergulho em seguida desvendando a cegueira na História e revelando opiniões embasadas em dados concretos, é da editora Paz e Terra. O outro livro é de um pioneirismo ímpar onde faz com que através do tato pode-se sentir o formato das cores. As referências são sublimes por meio de referencias, um livro todo preto com relevos. Elaborado por duas ilustradoras venezuelanas, Menena Cottin e Rosana Faría é publicado no Brasil pela editora Pallas. Fechando, de minha biblioteca eu trago uma publicação que faz acordar quem lê dado o texto altamente motivador, trata-se de Fernão Capelo Gaivota, obra prima de Richard Bach. Editora Pallas – www.pallaseditdora.com.br Editora Objetiva - www.objetiva.com.br Editora Paz e Terra – www.record.com.br


Escrito por: Leonardo Meireles

Edições anteriores

Publicidade

Não há Publicidades