Caso VARIG, Mia Couto, sacristães e locomotivas elétricas, 4 opções de leitura.

Marcelo Lins, ex-comandante da VARIG, relata no livro “Caso VARIG – a história da maior tragédia da aviação brasileira”, tudo que aconteceu com a quebra da empresa, inclusive dando nomes. É um livro de esclarecimentos e serve de alerta. Mia Couto, escritor moçambicano, traz no romance “As areias do Imperador -Mulheres de Cinzas” a narrativa de um período do século XIX no Estado de Gaza região do sul de Moçambique sob o domínio do último grande líder. “As Farsas dos Moços de Capela” de Carlos Hiran Goes de Souza traz através da ficção uma visão de comportamento ocorrido em Portugal com cujos protagonistas são dois jovens sacristães, também chamados de moços de capela. Durante o reinado de Dom João III os mosteiros femininos passaram por momentos críticos por conta do que se falava em termos de promiscuidade e de falsa prática religiosa. Um importante sacerdote franciscano, intelectual e muito influente bibliotecário, vira alvo de investigações sigilosas por conta de uma suposta relação com as idéias da Reforma. Assim cria-se uma grande trama ou farsa e os protagonistas são manipulados dentro de um jogo de intrigas. Para esclarecimento, o título farsa, é uma menção às peças de teatro que no Séc.XVI eram chamadas de farsas. Trem, difícil alguém não ficar impressionado diante de um. A Sociedade de pesquisa para memória do trem, nos trás “LOCOMOTIVAS ELÉTRICAS da Companhia Paulista de Estradas de Ferro” de Rafael Prudente Corrêa Tassi. É um livro de informação tanto do ponto de vista técnico quanto para leigos nessa engenharia, como referência de curiosidade e distração. Ricamente ilustrado é livro para deixar exposto para ser visto e consultado. Marcelo Duarte Lins – mardualin@gmail.com Editora Jaguatirica – editorajaguatirica.com.br jaguatiricadigital@gmail.com Editora Companhia das Letras - companhiadasletras.com.br Carlos Hiran Goes de Souza – chgoes@gmail.com Livraria Eldorado e editora – livrariaeldorado.com.br Rua conde Bonfim 422 Tijuca Rio de Janeiro SOCIEDADE DE PESQUISA PARA MEMÓRIA DO TREM- trem@ trem.org.br –www.trem.org.br João Bosco Setti – Engenheiro e pesquisador de História Ferroviária jbsetti@gmail.com


Escrito por: Leonardo Meireles
  • Programa sobre vinhos brasieliros
  • saber Cultural